Termos e Condições Gerais

Como se pode beneficiar do financiamento do BEI para a África Austral a Microfinanças / MPME e obter um empréstimo?

O mutuário deve ser um microempresário do setor privado ou PME registrado e baseado em Moçambique. O projeto de investimento deve satisfazer os nossos critérios financeiros, técnicos e económicos e estar enquadrado dentro de um sector elegível como produção, indústria, serviços, comércio, turismo e agroindústria.

Em que moeda está disponível?

Dependendo da política do intermediário, os empréstimos podem estar disponíveis em Moçambique em Metical, em USD, EUR ou outras moedas negociadas nos principais mercados de divisas.

Como funciona o sistema de submissão de propostas?

Todos os pedidos devem ser apresentados a um intermediário parceiro do BEI em Moçambique. Em seguida, ele é responsável pela seleção e avaliação de projetos elegíveis, e presentação dos pedidos de financiamento das PME ao BEI para aprovação. Como o risco de crédito permanece com o parceiro intermediário, ele fará a devida e apropriada analise em termo de segurança, de acordo com a sua avaliação do risco e do mercado. Os intermediários realizam a devida diligência e decisões de crédito sem o envolvimento do BEI.

Qual é a duração do empréstimo?

A duração do empréstimo é geralmente até 5 anos (sujeitos a política do intermediário) e em certos casos até 7 anos.

Taxas de Juro:

As taxas de juros são livremente negociados entre o intermediário e o seu mutuário e normalmente incluem: o custo do financiamento baseado no mercado AAA do BEI, assim como uma margem para cobertura do risco de crédito do intermediário e os custos administrativos.

Montante de Empréstimo:

O valor do empréstimo dependerá da política de intermediário, mas geralmente não será inferior a 50.000 Meticais (equivalente a 1.000 EUR) para micro-empréstimos e 2.500.000 Meticais (equivalente a 50.000 EUR) para empréstimos às PME.

Contribuição dos promotores:

Os promotores dos projetos devem ser capazes de demonstrar um compromisso razoável de fundos próprios (capital próprio) que apoiam o investimento. Isto será determinado em negociação com o parceiro intermediário.

Custos elegíveis do projeto:

O custo do projeto pode incluir edifícios e custos de construção relacionados, equipamentos, instalações, mobiliário, serviços, tais como estudos de mercado e de viabilidade e honorários profissionais associados ao projeto, provisões para contingências, e juros durante a construção se for o caso, e uma alocação de capital de trabalho.

O que não pode ser financiado?

·    Investimentos Imobiliários.

·    Crédito ao consumo (Hipotecas).

·    Transações financeiras puras.

·   Sectores excluídos pelo BEI, tais como: armas e munições, jogo, tabaco, atividades que dão origem a impactos ambientais que não são em grande parte mitigados e / ou compensados.

Como se inscrever

A empresa elegível deve contactar os intermediários financeiros. Os critérios de selecção, condições, etc. para um empréstimo são determinados por cada intermediário financeiro de acordo com as suas próprias normas e regras.